<- para casa

Colmar

UMA REGIÃO MUITO CHARMOSA
Essa pequena região da França atrai turistas do mundo inteiro por seu charme e peculiaridade - parece, na verdade, alemã. Traz, ainda, muitas cores e flores nos dias de verão. Entre A fronteira da Alemanha e a Suíça, a Alsácia tem como capital a linda e universitária Estrasburgo. Mas a cidade que chama mesmo a atenção dos viajantes é Colmar
   
SOTAQUE FRANCÊS E TRADIÇÕES ALEMÃS
Colmar foi a última cidade francesa a ser liberada da ocupação alemã durante a II Guerra Mundial, em 1945. Por esse motivo, trás uma bagagem alemã muito grande em sua arquitetura, culinária e costumes dos que vivem ali. Até o sotaque francês, por lá, leva um quê de alemão. Essa típica vila medieval pode ser visitada o ano todo. Eu indico, entretanto, o verão, a primavera e dezembro - quando a vila inteira incorpora o clima natalino. Evite períodos chuvosos e nublados (tirando as festas no inverno) para que as cores da cidade não fiquem “escondidas” sem os raios do sol.

LA PETITE VENISE
Todas as atrações turísticas estão no centrinho antigo. Ele não é tão pequeno como muitos imaginam, mas pode ser explorado facilmente a pé. Destaque para a “La petite Venise” (pequena Veneza), uma série de canais cercados por casas charmosas, lembrando a cidade italiana Veneza. Parada obrigatória para fotos! Há um passeio de barco de 30 minutos pelos canais. Uma das principais atrações é o Museu Bartholdi, casa em que Auguste Bartholdi, o escultor francês e criador da Estátua da Liberdade, morou. A cidade é tão linda e convidativa que vale à pena bater perna pelas suas ruazinhas e observar as casas, os canais e aproveitar a gastronomia e os vinhos, afinal, Colmar está na rota da bebida. Na minha opinião é um dos vilarejos mais bonitos da França.